Salipi 2018: Inscrições abertas para o Seminário Língua Viva
28 de Maio de 2018
Workshop debaterá Novo Marco Legal da Ciência, Tecnologia e Inovação e o Financiamento da Pesquisa
1 de junho de 2018
Mostrar todos

Seminário Língua-Viva traz debates de temas que estão na mira de quem vai fazer o Enem

Tem início nesta sexta-feira (1º) o Salão do Livro do Piauí, que está em sua 16ª edição. Dentro da programação, o Seminário Língua-Viva traz autores e escritores de reconhecimento nacional com discussões de temas de interesse para quem está na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Durante os dez dias de Salipi, serão 70 horas/aulas de temas sobre as variadas áreas do conhecimento humano. Nomes como Gabriel O Pensador, Marcia Tiburi, Bráulio Bessa, Roseana Murray, dentre outros integram a lista de palestrantes da 21ª edição do Seminário. O evento acontece no Espaço Rosa dos Ventos, no campus da Universidade Federal do Piauí, em Teresina.

O professor José Nicola e seu filho Luca de Nicola vão falar de um assunto esperado para cair no Enem esse ano: as relações da língua portuguesa com o modernismo brasileiro e a poesia africana. Professor organizador do evento, Luiz Romero, explicou que as questões discutidas pelos autores estão em voga atualmente.

“Teremos um professor renomado, José de Nicola, e seu filho, Luca de Nicola, que passaram por países africanos de língua portuguesa, como Angola e Moçambique, e discutem um tema que pode cair no Enem, que é a questão do nosso reconhecimento em relação à negritude, da formação da identidade brasileira pela raça negra. Também sobre os países africanos que são influenciados pela literatura brasileira”, explicou.

Discussões sobre feminismo, questões de gênero, inclusão social, acessibilidade, literatura, dentre outros estão na programação do Seminário Língua Viva nesta edição. “Tem debates sobre a questão LGBT também, sobre acessibilidade, como a questão de libras, presença de alunos com Síndrome de Down, então vai haver abordagem sobre inclusão social”, detalhou o professor Romero.

Revisões para o Enem

programação do Salipi vai contar com o espaço “De olho no Enem”, onde professores de diferentes áreas vão auxiliar os estudantes que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio, com conteúdos didáticos e dicas para a prova.

O professor Luiz Romero contou que o espaço vai abordar prioritariamente a redação, que gera sempre interesse em muitos alunos. “Nós teremos a parte da tarde destinada àqueles que estão a procura de conhecer mais sobre a temática do Enem, principalmente a questão da redação. Teremos a presença de professores que chegam até o Salão, planilhamos todos, e haverá material gratuito para todos os alunos”, explicou.

O espaço de revisão do Enem contará com cursos de Literatura Clássica, Cultura Ocidental, Cultura Latina e Cultura Afro-brasileira. Na programação do Salipi, também integram o bate-papo literário, com lançamento de livros, e outros espaços de atividades artísticas e culturais.

A organização calcula que 85 estandes, dentre os quais de livrarias, estarão montados no Espaço Cultural Rosa dos Ventos. O presidente da Fundação Quixote, professor Kassio Gomes, disse que a estimativa é que 200 mil pessoas participem do Salipi este ano.

“É um evento que congrega diversas linguagens culturais: música, literatura, cinema e moda. São dias bem intensos, a média é de 85 estandes, entre institucionais e livreiros. A ideia do evento é que os títulos estejam em preços mais em conta. Nós esperamos uma movimentação de que cerca de 200 mil pessoas passem pelo evento durante esses 10 dias”, concluiu.

do G1 Piaui